domingo, 31 de outubro de 2010

"Yo no creo en las brujas; pero que las hay, las hay..."


Hoje é o "dia das bruxas",o "halloween" e nada mais justo que falar das bruxinhas boas,aquelas que fogem do estereótipo dos contos de fadas.
São mulheres intuitivas,que possuem maior conexão com o outro lado.
Já recebi muitas vezes esse rótulo,mas nunca me incomodei,porque sei
que não tenho merecimento para tanto...e só Deus pode explicar o
porque das coisas serem como são.

A todas as bruxinhas do bem,o meu abraço carinhoso!

sábado, 30 de outubro de 2010


"Acredite em você mesmo, pois é só você que pode se alto julgar. Ouse, arrisque e nunca se arrependa.
Não desista jamais e saiba valorizar quem te ama, esses sim merecem seu respeito. Quanto ao resto, bom, ninguém nunca precisou de restos para ser feliz."

(Pâmela Rugoni Belin)
Mais um feriadão chegando...e eu,adorando...rs
Professor,nessa época do ano,já está limítrofe,
esgotado.
Vou deixar mais um cartão,dessa vez,com Clarice
Lispector.




Abraço fraterno a todos.

quarta-feira, 27 de outubro de 2010


Ontem (26/10) foi aniversário do meu querido
Milton Nascimento.
  
                                                         

    “Se Deus cantasse, cantaria com a voz de Milton Nascimento.”
                                                   (Elis Regina)

                                                Parabéns,Bituca!
                                  Encontro das Águas - Jorge Vercilo

video

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Mulheres com Mais de 30 anos - Arnaldo Jabor


Isto é para as mulheres de 30 anos pra cima…
E para todas aquelas que estão entrando nos 30,
e para todas aquelas que estão com medo de entrar nos 30…
E para homens que têm medo de meninas com mais de 30!!!
“ A medida que envelheço, e convivo com outras,
valorizo mais as mulheres que estão acima dos 30.
Estas são algumas razões do porquê:
- Uma mulher de 30 nunca o acordará
no meio da noite para perguntar: “O que você está pensando?”
Ela não se importa com o que você está pensando,
mas se dispõe de coração se você tiver intenção de conversar.
- Se a mulher de 30 não quer assistir ao jogo, ela não fica
à sua volta resmungando.
Ela faz alguma coisa que queira fazer.
E, geralmente è alguma coisa bem mais interessante.
- Uma mulher de 30 se conhece o suficiente
para saber quem é, o que quer e quem quer.
Poucas mulheres de 30 se incomodam com
o que você pensa dela ou sobre o que ela esta fazendo.

- Mulheres dos 30 são honradas.
Elas raramente brigam aos gritos com
você durante a ópera ou no meio de um
restaurante caro. É claro, que se você merecer,
elas não hesitarão em atirar em você, mas só
se ainda sim elas acharem que poderão se
safar impunes.
- Uma mulher de 30 tem total confiança
em si para apresentar-te para suas melhores amigas.
Uma mulher mais nova com um homem tende a
ignorar mesmo sua melhor amiga porque ela
não confia no cara com outra mulher.
E falo por experiência própria. Não se fica
com quem não confia, vivendo e aprendendo né???
- Mulheres se tornam psicanalistas quando envelhecem.
Você nunca precisa confessar seus pecados
para uma mulher de 30. Elas sempre sabem….

- Uma mulher com mais de 30 fica linda usando
batom vermelho. O mesmo não ocorre com
mulheres mais jovens.
- Mulheres mais velhas são diretas e honestas.
Elas te dirão na cara se você for um idiota,
se você estiver agindo como um

Você nunca precisa se preocupar onde se
encaixa na vida dela. Basta agir como homem,
e o resto deixe que ela faça.

 - Sim, nós admiramos as mulheres com mais
de 30 por um “sem” números de razões.
Infelizmente, isso não é recíproco.
Para cada mulher de mais de 30, estonteante,
inteligente, bem apanhada e sexy,
existe um careca, velho, pançudo em
calças amarelas bancando o bobo para
uma garçonete de 22 anos.
Senhoras, EU PEÇO DESCULPAS!
Para todos os homens que dizem,
“porque comprar uma vaca se você pode
beber o leite de graça?”, aqui está a novidade para vocês:
Hoje em dia 80% das mulheres são contra
o casamento, sabe por quê?
Porque as mulheres perceberam que
não vale a pena comprar um porco inteiro
só para ter uma lingüiça. Nada mais justo.”

Arnaldo Jabor

segunda-feira, 25 de outubro de 2010

"Ter na vida algum motivo pra sonhar
   Ter um sonho todo todo azul
Azul da cor do mar..."
                                            (Tim Maia)
                                                                                      


Foto By Tania Haskel

domingo, 24 de outubro de 2010

A Vida e a Viagem de Trem



A vida não passa de uma viagem de trem, cheia de embarques e desembarques, alguns acidentes, agradáveis surpresas em muitos embarques e grandes tristezas em alguns desembarques.

Quando nascemos, entramos nesse magnífico trem e nos deparamos com algumas pessoas, que julgamos, estarão sempre nessa viagem conosco, nossos pais.

Infelizmente isso não é verdade, em alguma estação eles descerão e nos deixarão órfãos do seu carinho, amizade e companhia insubstituível. Isso porém não nos impedirá que durante o percurso, pessoas que se tornarão muito especiais para nós, embarquem. Chegam nossos irmãos, amigos, filhos e amores inesquecíveis!

Muitas pessoas embarcarão nesse trem apenas a passeio, outras encontrarão no seu trajeto somente tristezas e ainda outras circularão por ele prontos a ajudar quem precise.

Vários dos viajantes quando desembarcam deixam saudades eternas, outros tantos quando desocupam seu assento, ninguém nem sequer percebe.

Curioso é constatar que alguns passageiros que se tornam tão caros para nós, acomodam-se em vagões diferentes dos nossos, portanto somos obrigados a fazer esse trajeto separados deles, o que não nos impede é claro que possamos ir ao seu encontro. No entanto, infelizmente, jamais poderemos sentar ao seu lado, pois já haverá alguém ocupando aquele assento.

Não importa, é assim a viagem, cheia de atropelos, sonhos, fantasias, esperas, despedidas, porém, jamais, retornos. Façamos essa viagem então, da melhor maneira possível, tentando nos relacionar bem com os outros passageiros, procurando em cada um deles o que tiverem de melhor, lembrando sempre que em algum momento eles poderão fraquejar e precisaremos entender, porque provavelmente também fraquejaremos e com certeza haverá alguém que nos acudirá com seu carinho e sua atenção.

O grande mistério afinal é que nunca saberemos em qual parada desceremos, muito menos nossos companheiros de viagem, nem mesmo aquele que está sentado ao nosso lado. Eu fico pensando se quando descer desse trem sentirei saudades. Acredito que sim, me separar de muitas amizades que fiz será no mínimo doloroso, deixar meus filhos continuarem a viagem sozinhos será muito triste com certeza... mas me agarro na esperança que em algum momento
estarei na estação principal e com grande emoção os verei chegar. Estarão provavelmente com uma bagagem que não possuíam quando embarcaram e o que me deixará mais feliz será ter a certeza que de alguma forma eu fui uma grande colaboradora para que ela tenha crescido e se tornado valiosa.

Amigos, façamos com que a nossa estada nesse trem seja tranqüila, que tenha valido a pena e que quando chegar a hora de desembarcarmos o nosso lugar vazio traga saudades e boas recordações para aqueles que prosseguirem a viagem.
A Vida e a Viagem de Trem - A vida não passa de uma viagem de trem, cheia de embarques e desembarques, alguns acidentes, agradáveis surpresas em muitos embarques e grandes tristezas em alguns desembarques.

Quando nascemos, entramos nesse magnífico trem e nos deparamos com algumas pessoas, que julgamos, estarão sempre nessa viagem conosco, nossos pais.

Infelizmente isso não é verdade, em alguma estação eles descerão e nos deixarão órfãos do seu carinho, amizade e companhia insubstituível. Isso porém não nos impedirá que durante o percurso, pessoas que se tornarão muito especiais para nós, embarquem. Chegam nossos irmãos, amigos, filhos e amores inesquecíveis!

Muitas pessoas embarcarão nesse trem apenas a passeio, outras encontrarão no seu trajeto somente tristezas e ainda outras circularão por ele prontos a ajudar quem precise.

Vários dos viajantes quando desembarcam deixam saudades eternas, outros tantos quando desocupam seu assento, ninguém nem sequer percebe.

Curioso é constatar que alguns passageiros que se tornam tão caros para nós, acomodam-se em vagões diferentes dos nossos, portanto somos obrigados a fazer esse trajeto separados deles, o que não nos impede é claro que possamos ir ao seu encontro. No entanto, infelizmente, jamais poderemos sentar ao seu lado, pois já haverá alguém ocupando aquele assento.

Não importa, é assim a viagem, cheia de atropelos, sonhos, fantasias, esperas, despedidas, porém, jamais, retornos. Façamos essa viagem então, da melhor maneira possível, tentando nos relacionar bem com os outros passageiros, procurando em cada um deles o que tiverem de melhor, lembrando sempre que em algum momento eles poderão fraquejar e precisaremos entender, porque provavelmente também fraquejaremos e com certeza haverá alguém que nos acudirá com seu carinho e sua atenção.

O grande mistério afinal é que nunca saberemos em qual parada desceremos, muito menos nossos companheiros de viagem, nem mesmo aquele que está sentado ao nosso lado. Eu fico pensando se quando descer desse trem sentirei saudades. Acredito que sim, me separar de muitas amizades que fiz será no mínimo doloroso, deixar meus filhos continuarem a viagem sozinhos será muito triste com certeza... mas me agarro na esperança que em algum momento
estarei na estação principal e com grande emoção os verei chegar. Estarão provavelmente com uma bagagem que não possuíam quando embarcaram e o que me deixará mais feliz será ter a certeza que de alguma forma eu fui uma grande colaboradora para que ela tenha crescido e se tornado valiosa.

Amigos, façamos com que a nossa estada nesse trem seja tranqüila, que tenha valido a pena e que quando chegar a hora de desembarcarmos o nosso lugar vazio traga saudades e boas recordações para aqueles que prosseguirem a viagem.

Autor Desconhecido 
"Cada um que passa em nossa vida, passa sozinho, pois cada pessoa é única e nenhuma substitui a outra.
Cada um que passa em nossa vida, passa sozinho, mas quando parte, nunca vai só nem nos deixa a sós. Leva um pouco de nós, deixa um pouco de si mesmo.
Há os que levam muito, mas há os que não levam nada”.
 (Kalil Gibram)

quarta-feira, 20 de outubro de 2010

"Aprendi com a primavera a deixar-me cortar e voltar sempre inteira."
                                    (Cecília Meireles)

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Hoje o blog está rebelde, não aceita meus comandos;
não quer postar o texto sobre a Vida e a viagem de Trem.
Tentei,tentei,mas fui voto vencido, pelo menos no primeiro
 tempo.
Por enquanto, contemplem o trem...depois vem o texto...e
a viagem...

domingo, 17 de outubro de 2010


"Tudo é ousado para quem a nada se atreve".
(Fernando Pessoa)


sábado, 16 de outubro de 2010

E nesse instante mágico eu vi:

Um grande amor,sem fim...


                        

"A verdade é que a gente não faz filhos. Só faz o layout. Eles mesmos fazem a arte-final".
(Luís Fernando Veríssimo)

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

    Impossível não lembrar:

Hoje não quero pensar em políticas salariais, nem em projetos pedagógicos, mas apenas demonstrar o quanto essa profissão,
essa missão que eu abracei com unhas e dentes, me faz feliz.
Lembrei de tantos professores que passaram em meu caminho,
mas um em especial, marcou minha vida acadêmica e para prestar
a minha homenagem à ele, deixo aqui uma de suas frases, a que
mais me marcou e que tento sempre colocá-la em prática, com
meus alunos:

“Uma criança que não brinca,ou tem um espinho no pé,
ou tem um ‘espinho’ no coração”.
 (Professor Mário Caridade)

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

Cantiga para não morrer – Ferreira Gullar

Quando você for se embora,
moça branca como a neve,
me leve.

Se acaso você não possa
me carregar pela mão,
menina branca de neve,
me leve no coração.

Se no coração não possa
por acaso me levar,
moça de sonho e de neve,
me leve no seu lembrar.

E se aí também não possa
por tanta coisa que leve
já viva em seu pensamento,
menina branca de neve,
me leve no esquecimento.

terça-feira, 12 de outubro de 2010


À todas as crianças que fizeram ou que fazem parte da minha vida: filho,sobrinhos,sobrinhos-netos e alunos.
Porque graças a elas,mantenho sempre acesa a chama da minha
 criança interior e posso acreditar numa  sociedade mais justa e mais humanizada no futuro.

segunda-feira, 11 de outubro de 2010

Girassóis e Borboletas


     A natureza tem suas belas surpresas.São verdadeiros presentes para quem souber tirar lições deles.Entre eles,estão os girassóis e as borboletas,dois elementos,flora e fauna,cujo simbolismo vai além do que podemos visualizar.
     Os girassóis são belos,imponentes,bastante práticos,fortes e decididos.São orientados a viver em direção ao Sol,eles jamais perdem tempo com as sombras,por isso,são objetivos.Sua utilidade vai além da ornamentação,suas sementes os tornam  eternos.
     As borboletas,ah,borboletas...são leves,efêmeras,verdadeiramente mágicas,inquietas;balançam suas asas com uma delicadeza ímpar,como se bailassem no ar,necessitam de liberdade para serem belas.Tanta leveza implica no esforço vital em se livrar do casulo,tornando suas frágeis asas,fortes.
     Mas qual o elo de ligação entre girassóis e borboletas? São seres
tão diferentes! Não tão diferentes,pelo menos na visão de quem tanto os admira,como eu.Quando olho uma borboleta,percebo-a como uma flor que ganhou asas e aprendeu a voar...ultrapassou a metamorfose,se atreveu a ir além do aceitável à sua espécie.O Girassol não se arriscaria a tanto,pode ter certeza.
  Aproximaram-se então,borboleta e girassol,criando um elo; ela,sobrevoando-o,tocando suas pétalas,sem deixar marcas,ele,deixando-se levar por aquele encontro tão perfeito.Eis o encontro da objetividade com a subjetividade...o Yin e o Yan.
     A majestosa flor iluminou-me a vida. A borboleta pousou em meu coração...nas asas dos meus sonhos.Vindo de mim,não poderia ser diferente...

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

Clarice Lispector



"Eu sou um poema inacabado
que ninguém nunca leu.
Eu sou aquele sonho bonito
que ninguém realizou.
Eu sou aquela paixão gostosa
que por medo, alguém sufocou.
Eu sou o Amor que alguém esperava.
Mas nunca chegou."


*
"Que ninguém se engane, só se consegue
 a simplicidade através de muito trabalho"

*
"Quando se ama não é preciso entender
 o que se passa lá fora, pois tudo passa
 a acontecer dentro de nós."

*

"Suponho que me entender não é uma questão
 de inteligência e sim de sentir, de entrar em contato...
Ou toca, ou não toca."

*
"Mas tenho medo do que é novo e tenho medo
 de viver o que não entendo - quero sempre
ter a garantia de pelo menos estar pensando
que entendo, não sei me entregar à desorientação."

*
"Fique de vez em quando só,
senão será submergido.
Até o amor excessivo pode submergir uma pessoa."

*
É tão difícil falar e dizer coisas que não podem ser ditas.
É tão silencioso. Como traduzir o silêncio do
 encontro real entre nós dois? Dificílimo contar.
Olhei pra você fixamente por instantes.
Tais momentos são meu segredo.
 Houve o que se chama de comunhão perfeita.
 Eu chamo isto de estado agudo de felicidade."

*
"Enquanto eu tiver perguntas
e não houver respostas... continuarei a escrever."

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Não basta apenas apagar o fogo...

Um bombeiro australiano,diante de um incêndio,mostrou-se solidário
ao sofrimento de um coala e fez toda a diferença...
E você...também faz toda a diferença?Não basta apagar o fogo...

Reflexão:Chico Xavier


video
Muito lindo...


sábado, 2 de outubro de 2010

Eu não me preocupo tanto com o que acham de mim.
Quem geralmente acha, não achou, nem sabe ver a beleza dos meus avessos, que nem sempre eu revelo.
O que me salva não é o que os outros andam achando de mim, mas o que Deus sabe a meu respeito.
Eu só dou valor às palavras e pensamentos produtivos, construtivos, normalmente vindos de pessoas que me amam verdadeiramente.”



(Padre Fábio de Melo)