terça-feira, 30 de novembro de 2010

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

domingo, 28 de novembro de 2010

Deficiências - Mário Quintana


Deficiente é aquele que não consegue modificar sua vida,
aceitando as imposições de outras pessoas ou da sociedade em que vive,
sem ter consciência de que é dono do seu destino.
Louco é quem não procura ser feliz com o que possui.
Cego é aquele que não vê seu próximo morrer de frio,
de fome, de miséria.
E só têm olhos para seus míseros problemas e pequenas dores.
Surdo é aquele que não tem tempo de ouvir um desabafo de um
amigo, ou o apelo de um irmão.
Pois está sempre apressado para o trabalho e
quer garantir seus tostões no fim do mês.
Mudo é aquele que não consegue falar o que sente e
se esconde por trás da máscara da hipocrisia.
Paralítico é quem não consegue andar na direção
daqueles que precisam de sua ajuda.
Diabético é quem não consegue ser doce.
Anão é quem não sabe deixar o amor crescer.
E, finalmente, a pior das deficiências é ser miserável, pois
Miseráveis são todos que não conseguem falar com Deus.
A amizade é um amor que nunca morre.
(Extraído do dicionário particular de Mário Quintana)


Percebi que tem gente entrando no blog com freqüência,
mas infelizmente nem todo mundo é “seguidor”.
Nada contra não ser,cada pessoa tem o livre arbítrio para
Fazer o que quiser...mas isso me parece contraditório:
Se eu visito com freqüência alguns blogs, sou seguidora deles,
não é verdade?Em tese,sim.
Já perceberam o meu selinho “Gentileza gera Gentileza”?
Ele não está à toa,no lugar dele.
Então se gosta de visitar o “Girassóis e Borboletas”,
Será sempre bem-vindo,mas ficaria muito grata,
se formalizasse isso,tornando-se + um (a) seguidor (a).
Gentileza gera Gentileza...

Abençoado domingo!


sábado, 27 de novembro de 2010

Ingratidão x Cumplicidade -

"O que você semear,
isso também colherá."




Ao longo dos meus 38 anos bem vividos,pude aprender muito...aprendi com a dor,com as injustiças,com os atos levianos e até com a traição;tive o privilégio de aprender com o Amor,sendo ele correspondido,vivenciado,ou não...aprendi também com o amor sublimado,o que chamam de amor platônico (ou seria semi-platônico?),com o Amor filial,esse não há igual. Não posso jamais esquecer da Amizade,sentimento não menos nobre que o amor eros,algo também que levamos para sempre dentro de nós.
Fui agraciada por amigos fantásticos,todos loucos,como eu,o que os tornaram por essa razão,muito mais importantes em minha vida.Posso não ter dúzias de amigos,mas parafraseando o inesquecível "Poetinha":Não tenho muitos amigos,mas os que eu tenho,são simplesmente maravilhosos,eternos companheiros,cada um à sua maneira,em minha vida,estejam perto ou longe,geograficamente.
Gosto ruim?Ingratidão.Nossa,como me dói sentir que alguém foi ingrato comigo!Fico me sentindo triste,usada...e jogada fora!A ingratidão pode existir de diversas formas,mas todas,com certeza,são fruto da pequenez humana,da ausência de sensibilidade,que cega o indivíduo,o torna insano,como se pensasse ser o centro da Terra,então tudo o que fizerem por ele é simplemente dever dos outros,jamais refletem sobre a bondade alheia,nem sobre os verdadeiros e nobres motivos que fazem uma pessoa ser gentil com alguém.
Estou calejada de tanta ingratidão,mas todas que me acontecem,ou seja,que sou alvo,doem da mesma forma,mas com um diferencial:agora eu sei os motivos infelizes que fazem as pessoas agirem assim com uma pessoa que só tentou te fazer o bem,seja ele,algo grande ou pequeno,não importa o tamanho
da boa ação,há muita coisa boa por trás desse gesto.
Coisa doce?Ah,essa é fácil de responder:A Gentileza. Não falo em um homem pagar a conta no restaurante,nem receber um presente caro...é algo muito além disso. É você saber que uma amiga sua,do outro lado do país,se sacrificou pra te enviar algo,isso me faz chorar...é um choro alegre,grato,por saber que alguém pensou em mim,saiu de sua casa,pra ir aos correios,me enviou junto uma cartinha carinhosa,me fez sentir uma pessoa mais importante,lembrada e admirada.E graças a Deus,tenho o privilégio de ser tratada com gentileza por muita gente,gente de bem,gente de alma grande e coração repleto de bons sentimentos.
Quando preparo algo e envio para um parente, amigo,ou amiga,faço com o coração.É como um ritual,eu vou organizando e pensando como ficarei feliz ao saber que fiz aquela pessoa feliz,ao menos por um instante.Não quero nada em troca,apenas saber que alguém sabe que ela tem importância em minha vida.
Eu não sou santa,tenho mil defeitos,o que me impede de alistá-los é o fato de jamais querer me auto-boicotar...Mas tenho inúmeras virtudes e uma delas é saber reconhecer o que uma pessoa faz por mim,não importa quem ou o que fez por mim,isso está gravado na minha "placa-mãe",que é o meu coração.
Algo forte?Cumplicidade.Sentimento que une casais,sejam eles casados,namorados,amantes...une também homens e mulheres através da amizade...Nada sobrevive sem cumplicidade.Casais podem se amar,mas sem cumplicidade,vai tudo ladeira abaixo. E os que não se amam,mas nutrem esse afeto,vivem muito bem,se houver o respeito.
Sou cúmplice de quem me é importante.Isso inclui família,amigos,colegas de profissão e alunos.Isso me faz muito feliz,porque cumplicidade não é unilateral,ao contrário,ela se constrói com o outro.
Algo amargo?Saber que uma pessoa a quem julgávamos nos respeitar,nos amar,seja qualquer forma de amar,a quem achávamos ter construido uma real cumplicidade,na verdade,era uma farsa...se agora não é,então nunca foi.Ser alvo da ingratidão dessa pessoa,é de um amargor horrendo. 
Eu não desisto de uma pessoa na minha vida,a não ser que ela mesma opte por ser excluída,quando ela se cala,se ausenta,se afugenta...só posso dizer uma coisa a uma pessoa assim:a escolha é sua...e pelo jeito,estava escrito... 
Hoje é sábado,dia de descansar,ou curtir...aqui o dia está lindo,o Sol está de dar inveja a muita gente.
A quem teve a idéia de visitar esse canal de comunicação meu,seja por acaso,
ou proposital,não importa,eu desejo que seu dia também seja assim,iluminado.
E se não houver Sol,não importa...que ele esteja dentro de você!
Carpe Diem!

"Sabe o que eu quero de verdade?!
Jamais perder a sensibilidade, mesmo
que às vezes ela arranhe um pouco a alma.
Porque sem ela não poderia sentir
a mim mesma."


(Clarice Lispector)




sexta-feira, 26 de novembro de 2010


Abra os olhos.
Há encantos escondidos
por toda parte.
Presta atenção.
São miúdos, mas constantes.'

(Pe. Fábio de Melo)


quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Dia de Ação de Graças - Obrigada,Senhor!

 Aprendi a valorizar o dia 25 de novembro,quando convivi por anos a fio,com a minha ex-família americana. No começo,como toda tradição diferente da nossa,eu fiquei meio ressabiada,mas consegui ser contagiada pelo espírito da gratidão à tudo o que Deus nos tinha dado;na verdade,eu sempre tive essa gratidão,mas nunca havia separado uma data para tornar esse momento especial.
Confesso,que não tenho mais a memória de antes,mas lembro-me de detalhes que marcaram essa data,como por exemplo,o almoço,que era como uma ceia natalina,com o tradicional peru e outros pratos da gastronomia norte-americana (não,se você pensou em fast foods,se enganou...Senhor,me perdoe por essa piada infame,esse humor negro...me escapuliu...),como o purê de maçãs,que nunca tive a ousadia de experimentar,por puro preconceito e até hoje me arrependo.
O momento de cada membro da família dar graças a Deus pelas bênçãos era a parte mais bonita da comemoração (ou seria cerimônia?). Nesse instante,cada um relatava fatos que eram motivos para agradecimento e ao socializarmos,
cada um ao seu modo,a emoção tomava conta de todos.
Então,hoje fiquei aqui,refletindo e desejando que nosso povo um dia possa imitar esse belo gesto,porque temos o péssimo hábito de pedir muito mais do que agradecer,aliás,pedimos demais e nem sempre merecemos.Não estou aqui,tentando fazer média com meu anjo da guarda,o meu querido amigo 
que carinhosamente chamo de João...não estou mesmo...e nem querendo
bônus espirituais,me fazendo de santa. Estou colocando o que sinto dentro
do meu coração.
Se imitamos tantas coisas não tão agradáveis do povo do Tio Sam,se temos
que nos sujeitar a tantos caprichos dos U.S.A,se deixamos nossos filhos desejarem participar de um típico Halloween,que pra mim,cheira a baixo astral,então por que não imitamos algo de bom deles,como comemorar o
dia de Ação de Graças? Nosso amado povo,a julgar pelo carnaval,adora uma
festinha profana,pode crer! Basta vermos,em pleno período natalino,o povo
se preparando com toda euforia para o carnaval...como isso me deixa triste...
Eu fiz a minha parte...agradeci a Deus pela minha vida,meu amado filho,que é o melhor presente que eu poderia ganhar,é o grande amor da minha vida,minha família,meu marido tão especial e companheiro,meu emprego,meus amigos e mais uma infinidades de coisas que o meu bom Deus me presenteia todos os dias,mesmo sem eu ter merecimento.
A oração nos conecta com o divino,nos torna mais humanos,mais abertos à espiritualidade e nos torna mais dignos do amor de Deus...assim seja.
 

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

"O amor é grande e cabe nesta janela sobre o mar.
O mar é grande e cabe na cama e no colchão de amar.
O amor é grande e cabe no breve espaço de beijar."

terça-feira, 23 de novembro de 2010

"Tem dias que a gente se sente..."

"A gente quer ter voz ativa
No nosso destino mandar.
Mas eis que chega a roda viva
E carrega o destino pra lá ..."
(Chico Buarque)

domingo, 21 de novembro de 2010

Cão cego usa mesmo sistema que morcegos para sobreviver



É muito comum os deficientes visuais buscarem novas maneiras de perceber o mundo, e entre os animais esta forma de adaptação também parece acontecer.
 Rowan, um cachorro da raça sptiz alemão que nasceu sem os olhos, se utiliza da ecolocalização, mesma técnica usada por morcegos, para sobreviver. De acordo com o Express, dificilmente conseguimos perceber que ele não é um cachorro comum.
O cão, de pouco mais de um ano, usa o latido e depois escuta seu eco para saber para onde deve ir – assim como fazem os morcegos. Sua dona, a britânica Sam Orchard, diz que as pessoas raramente percebem que ele é cego, mas perguntam porque tem os olhos fechados o tempo todo.
Quando Sam, que é criadora de cães, percebeu que seu filhote não abria os olhos como os irmãos, decidiu levá-lo ao veterinário. Ela descobriu que o animal nascera sem os olhos por causa de um defeito genético, mas decidiu criar Rowan como os cachorros que já tinha.
Ela reparou que o comportamento do cão mudou quando ele começou as escutar o barulho das folhas das árvores que caiam no chão. Aos poucos, passou a se localizar melhor usando também os latidos. A dona diz ao site Small World que ele é um animal normal e vive feliz.


Fonte:Uol notícias

Joanna de Ângelis é a guia espiritual do médium espírita brasileiro Divaldo Franco, entidade à qual é atribuída a autoria da maior parte das suas obras psicografadas.


sábado, 20 de novembro de 2010

"Em tempos em que quase ninguém se olha nos olhos, em que a maioria das pessoas pouco se interessa pelo que não lhe diz respeito, só mesmo agradecendo àqueles que percebem nossas descrenças, indecisões, suspeitas, tudo o que nos paralisa, e gastam um pouco da sua energia conosco, insistindo."

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Esse cartão me fez recordar um
provérbio chinês:
"Fica sempre um pouco de perfume nas mãos
de quem oferece rosas".

Incontestável...


quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Amor e respeito às diferenças:Eis o segredo de sucesso para bons
relacionamentos interpessoais.

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Entra e Sai de Amor - Altay Veloso


Esse vídeo me fez entrar no túnel do tempo,
mergulhar fundo...lembrei de fatos e momentos
que marcaram minha vida.
Ah Roque Santeiro e sua maravilhosa trilha sonora...

Vôo de Coração - Ritchie



Nelmita,como sempre garimpando vídeos maravilhosos,
que mexem com o meu coração...

"Não jogue espinhos na estrada...
Na volta, você pode estar com os pés descalços."

sábado, 13 de novembro de 2010


Hoje tentei postar um video com uma linda música...eita música
arretada de boa!Mas o blog está com TPM e deu "piti".
Hoje o Sol tá lindo,me chamando...lembrei do trecho da música
de Lenine: "a Lua tá me chamando,eu vou pra rua"...no meu caso,
é o Sol mesmo,rs.

Lindo e abençoado sábado,cheio de cores,sabores e amores!!!!

Paz e Luz!!!

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Estatuto do Homem (Ato Institucional Permanente) - Thiago de Mello







A Carlos Heitor Cony

Artigo I

Fica decretado que agora vale a verdade.
agora vale a vida,
e de mãos dadas,
marcharemos todos pela vida verdadeira.


Artigo II
Fica decretado que todos os dias da semana,
inclusive as terças-feiras mais cinzentas,
têm direito a converter-se em manhãs de domingo.


Artigo III

Fica decretado que, a partir deste instante,
haverá girassóis em todas as janelas,
que os girassóis terão direito
a abrir-se dentro da sombra;
e que as janelas devem permanecer, o dia inteiro,
abertas para o verde onde cresce a esperança.


Artigo IV

Fica decretado que o homem
não precisará nunca mais
duvidar do homem.
Que o homem confiará no homem
como a palmeira confia no vento,
como o vento confia no ar,
como o ar confia no campo azul do céu.

Parágrafo único:

O homem, confiará no homem
como um menino confia em outro menino.


Artigo V

Fica decretado que os homens
estão livres do jugo da mentira.
Nunca mais será preciso usar
a couraça do silêncio
nem a armadura de palavras.
O homem se sentará à mesa
com seu olhar limpo
porque a verdade passará a ser servida
antes da sobremesa.

Artigo VI

Fica estabelecida, durante dez séculos,
a prática sonhada pelo profeta Isaías,
e o lobo e o cordeiro pastarão juntos
e a comida de ambos terá o mesmo gosto de aurora.



Artigo VII
Por decreto irrevogável fica estabelecido
o reinado permanente da justiça e da claridade,
e a alegria será uma bandeira generosa
para sempre desfraldada na alma do povo.


Artigo VIII

Fica decretado que a maior dor
sempre foi e será sempre
não poder dar-se amor a quem se ama
e saber que é a água
que dá à planta o milagre da flor.


Artigo IX
Fica permitido que o pão de cada dia
tenha no homem o sinal de seu suor.
Mas que sobretudo tenha
sempre o quente sabor da ternura.


Artigo X
Fica permitido a qualquer pessoa,
qualquer hora da vida,
o uso do traje branco.

Artigo XI

Fica decretado, por definição,
que o homem é um animal que ama
e que por isso é belo,
muito mais belo que a estrela da manhã.


Artigo XII

Decreta-se que nada será obrigado
nem proibido,
tudo será permitido,
inclusive brincar com os rinocerontes
e caminhar pelas tardes
com uma imensa begônia na lapela.

Parágrafo único:

Só uma coisa fica proibida:
amar sem amor.


Artigo XIII

Fica decretado que o dinheiro
não poderá nunca mais comprar
o sol das manhãs vindouras.
Expulso do grande baú do medo,
o dinheiro se transformará em uma espada fraternal
para defender o direito de cantar
e a festa do dia que chegou.



Artigo Final.

Fica proibido o uso da palavra liberdade,
a qual será suprimida dos dicionários
e do pântano enganoso das bocas.
A partir deste instante
a liberdade será algo vivo e transparente
como um fogo ou um rio,
e a sua morada será sempre
o coração do homem.



Thiago de Mello

Santiago do Chile, abril de 1964


(Zon,esse post foi para você...é a sua cara.)

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Quem não dá assistência,abre concorrência - Arnaldo Jabor



Você homem da atualidade, vem se surpreendendo diuturnamente com o "nível" intelectual, cultural e, principalmente, "liberal" de sua mulher, namorada e etc.

Às vezes sequer sabe como agir, e lá no fundinho tem aquele medo de ser traído - ou nos termos usuais: "corneado". Saiba de uma coisa... esse risco é iminente, a probabilidade disso acontecer é muito grande, e só cabe a você, e a ninguém mais evitar que isso aconteça ou, então, assumir seu "chifre" em alto e bom som.

Você deve estar perguntando porque eu gastaria meu precioso tempo falando sobre isso. Entretanto, a aflição masculina diante da traição vem me chamando a atenção já há tempos.
Mas o que seria uma "mulher moderna"?

A princípio seria aquela que se ama acima de tudo, que não perde (e nem tem) tempo com/para futilidades, é aquela que trabalha porque acha que o trabalho engrandece, que é independente sentimentalmente dos outros, que é corajosa, companheira, confidente, amante...

É aquela que às vezes tem uma crise súbita de ciúmes mas que não tem vergonha nenhuma em admitir que está errada e correr pros seus braços...

É aquela que consegue ao mesmo tempo ser forte e meiga, desarrumada e linda...

Enfim, a mulher moderna é aquela que não tem medo de nada nem de ninguém, olha a vida de frente, fala o que pensa e o que sente, doa a quem doer...

Assim, após um processo "investigatório" junto a essas "mulheres modernas" pude constatar o pior:

VOCÊ SERÁ (OU É???) "corno", a menos que:

- Nunca deixe uma "mulher moderna" insegura. Antigamente elas choravam. Hoje, elas simplesmente traem, sem dó nem piedade.

- Não ache que ela tem poderes "adivinhatórios". Ela tem de saber - da sua boca - o quanto você gosta dela. Qualquer dúvida neste sentido poderá levar às conseqüências expostas acima.

- Não ache que é normal sair com os amigos (seja pra beber, pra jogar futebol...) mais do que duas vezes por semana, três vezes então é assinar atestado de "chifrudo". As "mulheres modernas" dificilmente andam implicando com isso, entretanto elas são categoricamente "cheias de amor pra dar" e precisam da "presença masculina". Se não for a sua meu amigo... bem...

- Quando disser que vai ligar, ligue, senão o risco dela ligar pra aquele ex bom de cama é grandessíssimo.

- Satisfaça-a sexualmente. Mas não finja satisfazê-la. As "mulheres modernas" têm um pique absurdo com relação ao sexo e, principalmente dos 20 aos 38 anos, elas pensam em - e querem - fazer sexo todos os dias (pasmem, mas é a pura verdade)...bom, nem precisa dizer que se não for com você...

- Lhe dê atenção. Mas principalmente faça com que ela perceba isso. Garanhões mau (ou bem) intencionados sempre existem, e estes quando querem são peritos em levar uma mulher às nuvens. Então, leve-a você, afinal, ela é sua ou não é????

Nem pense em provocar "ciuminhos" vãos. Como pude constatar, mulher insegura é uma máquina colocadora de chifres.

- Em hipótese alguma deixe-a desconfiar do fato de você estar saindo com outra. Essa mera suposição da parte delas dá ensejo ao um "chifre" tão estrondoso que quando você acordar, meu amigo, já existirá alguém MUITO MAIS "comedor" do que você...só que o prato principal, bem...dessa vez é a SUA mulher.

Sabe aquele bonitão que, você sabe, sairia com a sua mulher a qualquer hora. Bem... de repente a recíproca também pode ser verdadeira. Basta ela, só por um segundo, achar que você merece...Quando você reparar... já foi.

- Tente estar menos "cansado". A "mulher moderna" também trabalhou o dia inteiro e, provavelmente, ainda tem fôlego para - como diziam os homens de antigamente - "dar uma", para depois, virar pro lado e simplesmente dormir.

- Volte a fazer coisas do começo da relação. Se quando começaram a sair viviam se cruzando em "baladas", "se pegando" em lugares inusitados, trocavam e-mails ou telefonemas picantes, a chance dela gostar disso é muito grande, e a de sentir falta disso então é imensa. A "mulher moderna" não pode sentir falta dessas coisas...senão...

Bem amigos, aplica-se, finalmente, o tão famoso jargão "quem não dá assistência, abre concorrência".

Deste modo, se você está ao lado de uma mulher de quem realmente gosta e tem plena consciência de que, atualmente o mercado não está pra peixe (falemos de qualidade), pense bem antes de dar alguma dessas "mancadas"... proteja-a, ame-a, e, principalmente, faça-a saber disso.

Ela vai pensar milhões de vezes antes de dar bola pra aquele "bonitão" que vive enchendo-a de olhares... e vai continuar, sem dúvidas, olhando só pra você!

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Você - Tim Maia

Escutava o Tim,ainda criança,quando
minha mana Suely colocava seus LP’s.
Eu achava graça no cabelo loucão dele.
Mas foi a partir dessa época,que aprendi
a curtir músicas de qualidade....

video



"Ninguém pode persuadir outra pessoa
a se modificar. Cada um de nós toma
conta da porta da mudança, que só
pode ser aberta pelo lado de dentro..."

(Marilyn Ferguson)

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Pedaços - Paulo Roberto Gaefke


Um pedaço de mim reclama tempo para viver, outro
assume a responsabilidade e quer apenas trabalhar.
Um pedaço de mim quer viver um grande amor, e
entrega-se sem medidas, o outro tem medo, já
sofreu decepções e por ele, nunca mais me apaixonaria.
Um pedaço de mim é brincalhão e vive rindo, outro é triste,
tem momentos de puro isolamento.
Um pedaço de mim quer vencer, é pura euforia, outro quer
apenas viver, deixar a vida me levar…
Um pedaço de mim sofre com a dor dos outros,
outro quer que eu cuide apenas das minhas dores,
que não são poucas, já que vivo em conflito…
Entre o que eu sou e o que eu gostaria de ser,
entre o que tenho e aquilo que gostaria de ter, e,
se um pedaço de mim sente-se satisfeito, o outro
grita por novidades, por consumo, por gente,
por beijos e amores inconstantes.
Nesse turbilhão, acordo todos os dias, tentando
unir esses dois lados que coexistem em mim,
e que por mais diferentes que sejam, ainda assim,
só querem mesmo, o melhor para mim.
Hoje eu junto o Ser e o Querer, o que fui
e o que desejo ser, para cumprimentar a vida,
abraçar meus sonhos e pedir passagem simplesmente para ser feliz.
feliz.

(Paulo Roberto Gaefke)

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

O Valioso tempo dos Maduros



Contei meus anos e descobri que terei menos
tempo para viver daqui para a frente do que
já vivi até agora.
Tenho muito mais passado do que futuro.
Sinto-me como aquele menino que recebeu
uma bacia de cerejas.
As primeiras, ele chupou displicente, mas
percebendo que faltam
poucas, rói o caroço.
Já não tenho tempo para lidar com mediocridades.
Não quero estar em reuniões onde desfilam egos
inflamados.
Inquieto-me com invejosos tentando destruir quem
eles admiram, cobiçando seus lugares, talentos e sorte.
Já não tenho tempo para conversas intermináveis,
para discutir
assuntos inúteis sobre vidas alheias que nem fazem
parte da minha.
Já não tenho tempo para administrar melindres de pessoas,
que apesar da idade cronológica, são imaturos.
'As pessoas não debatem conteúdos, apenas os rótulos'.
Meu tempo tornou-se escasso para debater rótulos,
quero a essência, minha alma tem pressa...
Sem muitas cerejas na bacia, quero viver ao lado
de gente humana, muito humana; que sabe rir
de seus tropeços, não se encanta com triunfos,
não se considera eleita antes da hora, não foge
de sua mortalidade.
Caminhar perto de coisas e pessoas de verdade,
O essencial faz a vida valer a pena.
E para mim, basta o essencial!


Mário Pinto de Andrade
Escritor e político angolano,
de nome completo:
Mário Coelho Pinto de Andrade.
(1928-1990)

domingo, 7 de novembro de 2010

"Recria tua vida sempre, sempre.
Remove pedras e planta roseiras,
e faz doces. Recomeça!"
  (Cora Coralina)

sábado, 6 de novembro de 2010

   Hoje acordei com Quintana na cabeça...


"Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com uma outra pessoa, você precisa, em primeiro lugar, não precisar dela."

*
"O segredo é não correr atrás das borboletas...
É cuidar do jardim para que elas venham até você."

(Mário Quintana)


sexta-feira, 5 de novembro de 2010

"Colha o dia que se inicia,como quem colheu
uma flor que jamais se repetirá."
(Rubem Alves)


quinta-feira, 4 de novembro de 2010

quarta-feira, 3 de novembro de 2010


Pode ser que um dia deixemos de nos falar...
Mas, enquanto houver amizade,
Faremos as pazes de novo.

Pode ser que um dia o tempo passe...
Mas, se a amizade permanecer,
Um do outro se há de lembrar.

Pode ser que um dia nos afastemos...
Mas, se formos amigos de verdade,
A amizade nos reaproximará.

Pode ser que um dia não mais existamos...
Mas, se ainda sobrar amizade,
Nasceremos de novo, um para o outro.

Pode ser que um dia tudo acabe...
Mas, com a amizade construiremos tudo novamente,
Cada vez de forma diferente.
Sendo único e inesquecível cada momento
Que juntos viveremos e nos lembraremos para sempre.

Há duas formas para viver a sua vida:
Uma é acreditar que não existe milagre.
A outra é acreditar que todas as coisas são um milagre.

(Albert  Einstein)

terça-feira, 2 de novembro de 2010

Hoje não é dia de chorar a morte,mas de lembrar com saudade,dos nossos entes queridos que partiram desse plano,para outra dimensão.
Saudade...sim...mas também Amor...Luz...e preces...
Meu amado pai,Homem sábio que me deu a honra de ser sua filha nessa reencarnação,nunca esqueça que Te Amo e te amarei sempre...

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Dilma:Um Marco na história do nosso país.

Hoje o dia amanheceu atipicamente mais florido, mais colorido.
Não estou sendo sexista,nem utópica,mas vejo as coisas com os olhos de quem um dia,ainda estudante,viu nos livros a mulher sem o direito ao voto, como se ela fosse um ser inferior ao homem.
A sociedade está evoluindo ao longo das décadas, a mulher fez parte dessa mudança de forma efetiva e atuante,em todos os segmentos,seja nos valores,no mercado de trabalho,na religião,na família
e nas relações interpessoais.
A Dilma não era a minha candidata preferida, mas foi ela quem chegou ao segundo turno e conquistou o meu voto,
ontem.
Não estou aqui para julgar, nem construir um texto sobre os méritos dela como candidata e agora como presidente, mas falo em tom de desabafo,um grito preso na garganta,
como uma mulher,que olhou para trás,sem saudosismo e
agora teve o prazer em  ver, chegar à presidência, de forma democrática,outra mulher,vencer,chegar ao cargo máximo pleiteado por uma pessoa.
 Dá para entender o “x” da questão? Acho que as mulheres sim,me compreendem.
 Justiça?Sim. Massagem nosso ego? Também. Mas é muito mais que isso...
Há muito o que ser feito,mudado,ainda precisamos crescer como povo,como cidadãos e sobretudo,como seres humanos. Mas todo dia é dia de aprender,evoluir e dar mais um passo,rumo ao ideal;construir um país melhor
para nosso filhos e netos...para os herdeiros do futuro.